Frei Galvão através dos tempos

Em 21 de maio de 1936, foi inaugurada a Igreja e Convento Franciscano de Nossa Senhora das Graças, patrimônio artístico e cultural do município de Guaratinguetá. Nessa casa franciscana foram realizadas em 1939, inúmeros festejos comemorativos do bicentenário do nascimento de Frei Galvão. Dois marcos importantes e artísticos ficaram dessas festividades, podendo ser visitados na Igreja de Nossa Senhora das Graças, à rua Vigário Martiniano.

No interior da Igreja, à direita de quem entra, está o Confessionário de Frei Galvão. Nele, em um alto relevo em gesso dourado, está a figura clássica de Frei Galvão, em uma obra de arte de Arthur Pederzolli.

À entrada da mesma igreja, à esquerda, está a placa comemorativa, executada em bronze para homenagear o bicentenário do nascimento de Frei Galvão, com a profética inscrição: “O Santo é o melhor presente de Deus ao mundo. Em 1739 nasceu nesta cidade de Guaratinguetá Frei Antônio de Sant’Ana Galvão que, tendo ingressado na Ordem de São Francisco em 1760, viveu como um Santo, espalhando o bem por toda a parte, e como Santo morreu em 1822, deixando uma memória abençoada, que perdura até nossos dias”.

Índice